Tags

O governo de unidade nacional proposto pelas Nações Unidas para garantir estabilidade política e social na Líbia foi rejeitado pelo parlamento. De acordo com a agência Reuters, 89 dos 104 deputados não aceitaram a proposta que visa unir os dois principais rostos do conflito no país. O próximo executivo tem de ser constituído num prazo de dez dias.

Numa altura em que o Estado Islâmico se tem aproximado do país, não tem sido possível um entendimento entre Agila Salah e Nouri Abusahmen.

A morte de Muammar Gaddafi em 2011 após o início das manifestações da Primavera Árabe levou o país ao caos.

 

Advertisements