Tags

O combate às assimetrias sociais e a segurança no Paraguai estiveram em cima da mesa numa conferência organizada pelo Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL no âmbito do ciclo de conferências da América Latina, que contou com a presença do Embaixador do Paraguai em Lisboa, Julio Enrique Mineur de White.

O diplomata abordou os temas que são “mais importantes” para dar conta da realidade interna e regional. No plano interno, o investimento público e privado são as grandes apostas do presente. Julio Mineur de White disse que era essencial “trabalhar no duro com a micro-economia”, mas também confessou que “as empresas estrangeiras estão a investir”, tornando o Paraguai num “bom sítio para os negócios”. As exportações também ajudam no crescimento da economia nacional. Neste momento, o país é o quinto exportador de carne, além de ser um grande produtor de soja. Em termos sociais o executivo pretende melhorar os serviços de saúde, educação e promover mais igualdade.

A nível regional existe uma vontade de cooperar com os restantes países da América Latina. O Embaixador considera que “não podemos recusar o equilíbrio com os nossos vizinhos”. No entanto, o Paraguai vai manter a independência e a soberania, mesmo no seio da Mercosul. Julio Mineur de White explicou ao “The Democrat” que “pretendemos estar dentro da organização com a nossa agenda”.

Advertisements