A desistência de Marco Rubio na semana passada é uma oportunidade para os restantes candidatos republicanos conquistarem mais votos. Donald Trump tem menos adversários, enquanto Ted Cruz reclama o apoio daqueles que iriam votar no senador da Florida. Por seu lado, John Kasich é o único candidato do “establishment” após ter cumprido o objectivo de vencer no Ohio.

Os três concorrentes que sobreviveram esperam usufruir do abandono de Rubio, mas o senador do Texas e John Kasich estão na linha da frente para recolher votos nas primárias do Utah e Arizona. Nuno Gouveia considera que “o apoio vai dividir-se entre Ted Cruz e Kasich com vantagem para o primeiro”. No entanto, Donald Trump também fica a ganhar enquanto “os dois permanecerem na corrida”.

Os delegados conquistados por Rubio também serão disputados pelos favoritos se não houve uma nomeação oficial até à Convenção em Cleveland. O especialista acredita que “os delegados podem ter influência porque nem todos são obrigados a votarem no candidato pelos quais foram nomeados”. Na noite eleitoral, Rubio não declarou apoio a nenhum dos candidatos, mas se o fizer haverá alterações nas contas da corrida.

Os democratas concorrem no Arizona e Utah, mas também no Idaho. Neste momento, os únicos obstáculos para a candidatura de Hillary Clinton são “a impopularidade e as investigações” relacionadas com a utilização do email.

Advertisements