A vitória do Brexit poderá ter consequências na coesão do Reino Unido, mas também em Inglaterra devido aos vários sentimentos nacionalistas no país. Uma sondagem publicada antes do referendo escocês em 2014, revelou que um em cada cinco londrinos queriam a independência da capital britânica, como acontece com a cidade do Vaticano. O tema voltou a ser falado nas vésperas do referendo britânico sobre a manutenção do Reino Unido na União Europeia.

Os docentes britânicos acreditam que a questão só se coloca em caso de vitória do Brexit. O poder económico e influência política são os principais factores que diferenciam Londres das restantes cidades. Por exemplo, a economia da cidade tem o mesmo peso da Suécia. Um membro da KBL European Private Bankers disse à BBC que a independência será votada por volta de 2035.

Um estudo também garante que a economia forte continua forte, mesmo se o Brexit for a opção escolhida dos britânicos.

Apesar das pretensões, Londres continua a ser a região menos eurocéptica do Reino Unido, sendo que, será em Inglaterra que se vai decidir o resultado do referendo.

Advertisements