Os britânicos optaram pela saída da União Europeia. O resultado do referendo foi favorável ao Brexit que obteve 51.9% dos votos, enquanto o Remain ficou com 48.1%.

O resultado da consulta popular provocou a demissão de David Cameron do cargo de primeiro-ministro e líder do Partido Conservador. O chefe do governo afirmou que o país precisa de uma nova liderança para conduzir as negociações com a União Europeia. Os responsáveis pela campanha do Brexit consideram que se trata do dia “da independência para o Reino Unido”.

As negociações entre o Reino Unido e a União Europeia será o grande desafio do próximo governo britânico. No entanto, os Estados-Membros necessitam de estabelecer algumas prioridades. Num texto escrito para o site da London School of Economics, o professor Tim Oliver, revela as três prioridades imediatas da União Europeia. A primeira “consiste em encontrar uma resposta concertada“. Em segundo, “iniciar negociações com o novo executivo britânico“. Por fim, os membros da União devem “reflectir sobre a integridade e unidade” na Europa.

Advertisements