Os resultados finais das eleições legislativas australianas só deverão ficar conhecidas na terça-feira quando estiveram contados todos os votos que vão atribuir os restantes 12 lugares no parlamento.

Neste momento, o Labor liderado por Bill Shorten tem 71 mandatos e a coligação Liberal do primeiro-ministro Malcolm Turnbull regista 67. A força que conquistar 76 lugares chega à maioria absoluta. De acordo com as informações, os votos por correspondência que faltam apurar deverão ser favoráveis ao actual chefe do governo. No entanto, o líder trabalhista garante que Turnbull perdeu legitimidade para formar executivo.

Os principais partidos têm que se entender com as novas forças políticas que chegam ao parlamento australiano, já que, os independentes Bob Katter, Andrew Wilkie, Cathy McGowan e Nick Xenophon também conseguiram a eleição.

Advertisements