O presidente da Comissão Europeia, Jean Claude-Juncker, criticou Boris Johnson e Nigel Farage por terem abandonado “o barco” após a vitória do Brexit no referendo sobre a manutenção do Reino Unido na União Europeia.

O responsável europeu disse que patriotas “não se demitem quando os problemas começam a surgir”, tendo criticado a falta de planeamento dos responsáveis britânicos para o processo de saída.

Nos primeiros dias após a vitória do Brexit, Boris Johnson revelou que não iria ser candidato à liderança do Partido Conservador e Nigel Farage demitiu-se do UKIP.

Advertisements