O antigo líder do Ku Klux Klan, David Duke, revelou que vai concorrer ao Senado norte-americano pelo Estado do Louisiana.

Num vídeo colocado na internet, Duke, garante que respeita a igualdade de direitos entre todos os cidadãos.

A candidatura de Duke surge após a morte recente de três polícias na localidade de Baton Rouge no Louisian. O antigo membro do grupo apoia Donald Trump à Casa Branca, tendo aplaudido o discurso do nomeado na Convenção Republicana.

Advertisements