O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, anunciou a mulher para ser Vice-Presidente do país. A primeira-dama, Rosario Murillo, também será o braço-direito do Chefe do Estado, caso Ortega vença as eleições presidenciais em Novembro.

De acordo com a comunicação social, a primeira-dama tem tido um papel determinante no exercício do poder presidencial por parte do marido, por causa das aparições diárias na televisão, aumentando a popularidade junto da população. No entanto, os críticos e a oposição estão preocupados com a possibilidade de se iniciar uma nova dinastia no país.

Advertisements