A maioria das estruturas locais do Partido Trabalhistas vai votar no candidato Owen Smith. Numa carta divulgada pela imprensa britânica, cerca de mil federações que representam mais de 200 autoridades locais não acreditam que a liderança fraca de Jeremy Corbyn seja adequada para o país.

A campanha eleitoral está a dividir os membros do Partido Trabalhista, havendo alguma preocupação por parte dos responsáveis relativamente a uma eventual guerra civil dentro do partido nas próximas semanas.

A missiva alerta para a necessidade de arranjar um líder que consiga unir o partido para enfrentar os próximos desafios políticos, como o segundo referendo na Escócia e as próximas eleições gerais.

Advertisements