O líder do Partido Trabalhista foi reeleito pelos membros, sindicatos e militantes que se registaram. Jeremy Corbyn venceu com 61.8% contra 38.2% de Owen Smith. O deputado ficou bastante longe do líder.

No discurso proferido na conferência do partido em Liverpool, Corbyn apelou à união entre todas as facções, relembrando que “temos mais pontos em comum do que divisões”, tendo acrescentado que os trabalhistas podem “vencer as próximas eleições legislativas”.

A vitória confirma que Corbyn tem enorme popularidade junto dos membros do partido no país e ao mesmo tempo significa a segunda vitória sobre o establishment.

Advertisements