Os responsáveis socialistas da Andaluzia confirmaram que se vão abster na investidura de Mariano Rajoy para permitir que haja um governo e se evitem novas eleições. O Comité Federal ordenou que todos os deputados eleitos por aquela região acatem as ordens.

Os socialistas andaluzes entendem que quando um partido não tem uma alternativa, necessita de dar oportunidade a quem conseguiu formar governo, reiterando que não existe condições para a realização de terceiras eleições no espaço de um ano. Apesar da decisão, nenhum membro do parlamento irá votar a favor “porque nenhum socialista quer que o Partido Popular governo o país”.

Advertisements