Os números das sondagens reveladas pelos órgãos de comunicação social norte-americanos favorecem Hillary Clinton. O segundo debate e as declarações de Donald Trump aumentaram a possibilidade da democrata vencer a Casa Branca no próximo dia 8 de Novembro, mesmo faltando um confronto televisivo e duas semanas inteiras de campanha eleitoral. Nuno Gouveia acredita que “neste momento, Hillary tem 90% de possibilidade de ser eleita devido à vantagem que alcançou depois do primeiro debate e das declarações de Trump”.

Apesar de estar em desvantagem, Trump ainda pode mudar a estratégia e surpreender os norte-americanos. Contudo, o autor do blogue Era uma vez na América“, considera que “o empresário não vai alterar o comportamento errático, descoordenado e contra todas as regras de uma campanha eleitoral norte-americana” que adoptou nos últimos dois meses. Ora, Nuno Gouveia considera que o empresário deveria ter feito “uma campanha mais convencional que estivesse próximo das minorias, jovens e das mulheres porque são as categorias demográficas onde os republicanos têm mais dificuldades“. Perante o cenário só uma jogada de mestre consegue inverter o rumo da sondagens e da opinião publicada.

Advertisements