O resultado das eleições na Lituânia foram surpreendentes, já que, o partido vencedor tinha apenas um deputado na última legislatura, tendo obtido neste acto eleitoral 59 parlamentares, embora sem maioria absoluta. O parlamento da Lituânia tem capacidade para 141 deputados.

O partido Lithuanian Peasantes and Green Union (LPGU) deverá formar coligação com o Homeland Union ou com os sociais-democratas. As duas forças conquistaram 48 lugares. Os sociais-democratas que estiveram no anterior governo foram apenas a terceira força mais votada com 17 membros.

O futuro primeiro-ministro, Saulius Skvernelis, garante que vai trazer transparência e responsabilidade ao poder político. No entanto, o candidato a chefe do governo não é o líder do LPGU. O principal responsável chama-se Ramunas Karbauskis.

Na campanha foram discutidos temas europeus, como as condições dos trabalhadores lituanos nos restantes países, e as diferenças salariais.

Advertisements