A primeira-ministra britânica, Theresa May, garantiu que a saída do Reino Unido da União Europeia permite desenvolver melhor o modelo britânico, sobretudo a nível de comércio livre. As palavras da nova chefe do governo significam que os britânicos irão defender de forma “entusiástica e convincente o comércio livre em todo o Mundo”.

Apesar da vontade de seguir um caminho diferente dos restantes parceiros europeus, a governante mostrou algum descontentamento face ao fim das negociações para a celebração de um acordo de comércio livre entre a União Europeia e o Canadá devido à região belga da Valónia não o ter ratificado.

O resultado das negociações também serviu para o Reino Unido confirmar que não vai adoptar um modelo existente, preferindo criar um novo que permita alcançar a liderança a nível mundial.

Advertisements