A corrida à liderança do UKIP conheceu mais um desenvolvimento negativo desde a saída inesperada de Diane James.

Os concorrentes estão reduzidos a três após a desistência de Peter Whittle. A saída acontece depois de um debate realizado no sul do País de Gales, mas o candidato diz que se trata de uma posição para unir o partido. Whittle acredita que o UKIP pode aproveitar o resultado do referendo britânico para crescer, tendo declarado apoio a Paul Nuttall.

Os outros dois candidatos são Suzanne Evans e John Rees-Evans.

A sucessão de Nigel Farage não tem sido fácil de preencher. Em Setembro, Diane James foi eleita, mas ficou apenas 18 dias no cargo. A partir desse momento, várias figuras disseram que se candidatavam, embora tenha havido várias desistências como aconteceu com Peter Whittle.

O vencedor será conhecido no dia 28 de Novembro.

Advertisements