O presidente da Síria, Bashar al-Assad, mostrou disponibilidade para dialogar com o novo Presidente dos Estados Unidos. O principal motivo para a existência de uma aliança entre Estados Unidos e a Síria é o combate ao terrorismo que ainda não está concluído, incluindo outros países como a Rússia e o Irão.

O líder sírio teceu alguns comentários sobre a dificuldade do novo chefe de Estado norte-americano de Trump em dominar os interesses instalados em Washington bem como os meios de comunicação social norte-americanos.

Numa entrevista ao Wall Street Journal, Donald Trump, revelou que o mais importante passa por acabar com a influência do Estado Islâmico na região.

Advertisements