Um estudo divulgado pelo “Change Britain” revela que os acordos comerciais negociados entre o Reino Unido e as restantes potências económicas vão criar 400 mil postos de trabalho.

A entidade que defende a saída do Reino Unido da União Europeia pretende que o país abandone o mercado único bem como os costumes europeus para alcançar flexibilidade nos acordos estabelecidos com outros países, em particular com os Estados Unidos, Japão, China, Índia, Canadá e Coreia do Sul, além de negociar com os blocos da América Latina e do Sudoeste Asiático. Não existe qualquer referência a acordos com países europeus.

O antigo responsável da organização realçou a vontade dos países mencionados terem expressado vontade em realizar parcerias com o Reino Unido após a saída da União Europeia.

Advertisements