Os especialistas internacionais e o governo de Taiwan conseguiram chegar a um entendimento sobre as medidas para adoptar na Convenção de Direitos cívicos e políticos e no tratado internacional de direitos económico, social e cultural.

No final de três dias de trabalho, os membros presentes adoptaram propostas no plano da protecção das pessoas com deficiência, novos migrantes, bem como maior atenção aos crimes que envolvem mulheres e crianças, tendo sido dado especial enfoque às situações envolvendo as penas capitais.

O ministro Lin Mei-chu garantiu que o governo irá defender os direitos humanos como um pilar fundamental do país, tendo sugerido à sociedade para incorporar o espírito das duas convenções como modo de vida.

Advertisements