A recente visita de Theresa May aos Estados Unidos para se encontrar com Donald Trump esteve em cima da mesa no debate semanal na Câmara dos Comuns.

Os membros do Partido Trabalhista, incluindo Jeremy Corbyn, criticaram a posição da primeira-ministra por não ter colocado em causa a nova política da administração norte-americana relativamente aos refugiados. O líder trabalhista acusou Theresa May de não defender a Convenção dos refugiados, nem estar preocupada com os britânicos que queiram viajar para os Estados Unidos. A chefe do governo reiterou que condena algumas políticas de Trump, mas considera que é necessário manter uma aliança que dura há várias décadas.

O líder do Partido Trabalhista terminou a intervenção sugerindo o cancelamento da visita de Trump ao Reino Unido no final do ano.

Advertisements