O chanceler da Áustria, Christian Kern, vai convocar eleições antecipadas depois dos dois partidos que suportam o governo terem decidido que está na altura de terminar a aliança governamental. Os sociais-democratas e o Partido do Povo não chegaram a acordo relativamente a algumas reformas necessárias para o país.

A decisão foi anunciada nesta semana, mas a demissão do líder do Partido do Povo, Reinhold Mitterlehner, na sexta-feira, precipitou a vontade de Christian Kern.

Os dois partidos irão escolher um novo líder antes das legislativas que se realizam no Outono.

A convocação de eleições antecipadas surge numa altura em que o Partido da Liberdade continua a liderar as sondagens, mesmo tendo perdido as eleições presidenciais no final do ano passado.

A coligação entre os dois partidos deveria terminar em Setembro de 2018. Nas últimas décadas as duas forças lideram os destinos do país, governando sozinho ou em coligação.

Advertisements