O único debate televisivo realizado entre os líderes dos partidos não contou com a presença de Theresa May e Jeremy Corbyn. Os restantes líderes aproveitaram a ausência dos conservadores e trabalhistas para conquistarem mais votos nas próximas eleições legislativas.

A saída do Reino Unido da União Europeia dominou o debate, sendo que, apenas o UKIP mostrou satisfação pela escolha da população britânica no referendo realizado em Junho de 2016. A líder do Partido Nacional Escocês, Nicola Sturgeon, entende que Paul Nuttal é o porta-voz dos conservadores na defesa do Brexit.

Os Liberais-Democratas receiam que a vitória de Theresa May tenha as mesmas proporções dos sucessos alcançados por Margaret Thatcher, enquanto os nacionalistas escoceses voltaram a ameaçar realizar mais um referendo sobre a independência da Escócia.

Os problemas do País de Gales estiveram em cima da mesa pela mão da líder do Plaid Cymru. Leanne Wood criticou o governo britânico por dar mais atenção a Gibraltar do que aos galeses.

Advertisements