As Conferências do Estoril de 2017 abriram com um alerta muito sério dado pelo presidente do Painel Intergovernamental das Alterações Climáticas, Rajendra Pachauri.

O debate com o Prémio Nobel da Paz 2007 serviu para efectuar um pedido à juventude em todo o mundo que actue em nome da defesa da natureza. O responsável pela organização mundial não espera que sejam os governos “a resolverem o problema criado pela actual geração”. 

As conclusões do Acordo de Paris celebrado em 2015 não são suficientes porque apenas oferecem “um sentido de orientação”, embora os governos nacionais também precisem de actuar para evitarem “as consequências sérias das alterações climáticas”, que se irão repercutir no aumento das ondas de calor e nas inundações.

Durante a conferência, Rajendra Pachauri exigiu à juventude que seja a principal responsável pela “mudança necessária” na protecção do ambiente.

Advertisements